Foto do profissional Henrique Donizetti Bianchi Florindo

Henrique Donizetti Bianchi Florindo

Urologista

186184

5.0 satisfaçãoReportar página
Sobre Henrique Donizetti Bianchi Florindo

Urologista formado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), mestrado em Medicina pela mesma Universidade, na área de Técnicas Videoendoscópicas, ênfase em cirurgia reconstrutiva uretral e endourologia. Cirurgia robótica e técnicas minimamente invasivas para abordagem de diferentes patologias urológicas. Membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, membro da Sociedade Brasileira de Urologia, membro internacional da European Association of Urology (EAU) e Membro da International Society of Reconstrutive Urology (ISORU). Médico Assistente no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) na função-atividade Médico I - Urologia, com ênfase em cirurgia reconstrutora uro-genital. Médico Urologista pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência (FAEPA) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) no Hospital Estadual Américo Brasiliense. Professor Membro do Comitê de Assessoramento da SBU, Departamento de Terapia Minimamente Invasiva - Disciplina de Endourologia (Biênio 2022-2023).

Especialidades
Formação

Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Cirurgia Geral com Residência Médica no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Especialista em Urologia com Residência Médica no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Mestrado Profissional em Medicina da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) na área de concentração Técnicas Videoendoscópicas.

Aperfeiçoamento em Cirurgia Robótica pelo Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino (IDOR, 2021).

Pós-graduado no Curso de Docência do Ensino Superior da Universidade Pitágoras Unopar.

Pós-graduado no Curso de Especialização em Medicina do Trabalho da Universidade Federal Fluminense.

Curso técnico profissionalizante em Patologia Clínica pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP).

Experiência

Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC).

Membro Associado da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

Membro Internacional da European Association of Urology (EAU).

Membro da International Society of Reconstrutive Urology (ISORU).

Médico Assistente no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) na função-atividade Médico I - Urologia.

Ênfase em cirurgia reconstrutora uro-genital.

Médico Urologista pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência (FAEPA) no Hospital Estadual Américo Brasiliense.

Atividade médico-hospitalar na área de Urologia no Hospital da Irmandade da Santa Casa de Sertãozinho.

Professor Membro do Comitê de Assessoramento da SBU, Departamento de Terapia Minimamente Invasiva - Disciplina de Endourologia (Biênio 2022-2023).

Tem experiência médica, com ênfase em Urologia, e principais atuações nas áreas de: cirurgia reconstrutiva, cirurgia minimamente invasiva e endourologia.

Locais de Atendimento

KR Saúde Jaboticabal

Avenida Aristides Bellodi, 91 - Jaboticabal (SP)
(16) 9972...VER TELEFONE
Contatos
(16) 9972...VER TELEFONE

13 mensagens de pacientes para Henrique Donizetti Bianchi Florindo

"Quero saber coanto fica pra fazer uma cirurgia de cálculo reinal já tenho todos os isames e tomo grafia"

06/01/2023

Foto do profissional Henrique Donizetti Bianchi Florindo
Respondeu:
"O custo de uma cirurgia para remoção de cálculos renais (litotripsia) pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a localização geográfica, o tipo de cirurgia realizada e se o paciente tem um plano de saúde ou não. Se o paciente tem um plano de saúde, o valor da cirurgia geralmente será coberto pelo plano, em parte ou totalmente. No entanto, é importante verificar se a cirurgia está coberta pelo plano específico e se há algum limite de despesas. Alguns planos de saúde podem exigir que o paciente pague uma parte do custo (como co-pagamento ou franquia) ou que o paciente esteja em uma rede de provedores de saúde específica. Se o paciente não tem um plano de saúde, o custo da cirurgia será pago integralmente pelo paciente. O valor pode variar dependendo da localização geográfica e do hospital onde a cirurgia será realizada. O valor também pode variar dependendo do tipo de cirurgia realizada. Por exemplo, a litotripsia extracorpórea por ondas de choque (ESWL) é geralmente mais cara do que a litotripsia percutânea. Além disso, os pacientes sem plano de saúde podem ter que pagar preços mais elevados pelos serviços médicos, incluindo exames e medicamentos, além da cirurgia em si. Em geral, é importante verificar com o hospital ou clínica onde a cirurgia será realizada para obter uma estimativa precisa do custo, e verificar se existem opções de financiamento ou programas de assistência para pacientes sem plano de saúde. Além disso, é importante se informar sobre as coberturas e benefícios que o plano de saúde oferece e se está de acordo com as necessidades do paciente."

"Coanto fica uma cirurgia de cálculo reinal"

06/01/2023

Foto do profissional Henrique Donizetti Bianchi Florindo
Respondeu:
"O custo de uma cirurgia para remoção de cálculos renais (litotripsia) pode variar dependendo de vários fatores, incluindo a localização geográfica, o tipo de cirurgia realizada e se o paciente tem um plano de saúde ou não. Se o paciente tem um plano de saúde, o valor da cirurgia geralmente será coberto pelo plano, em parte ou totalmente. No entanto, é importante verificar se a cirurgia está coberta pelo plano específico e se há algum limite de despesas. Alguns planos de saúde podem exigir que o paciente pague uma parte do custo (como co-pagamento ou franquia) ou que o paciente esteja em uma rede de provedores de saúde específica. Se o paciente não tem um plano de saúde, o custo da cirurgia será pago integralmente pelo paciente. O valor pode variar dependendo da localização geográfica e do hospital onde a cirurgia será realizada. O valor também pode variar dependendo do tipo de cirurgia realizada. Por exemplo, a litotripsia extracorpórea por ondas de choque (ESWL) é geralmente mais cara do que a litotripsia percutânea. Além disso, os pacientes sem plano de saúde podem ter que pagar preços mais elevados pelos serviços médicos, incluindo exames e medicamentos, além da cirurgia em si. Em geral, é importante verificar com o hospital ou clínica onde a cirurgia será realizada para obter uma estimativa precisa do custo, e verificar se existem opções de financiamento ou programas de assistência para pacientes sem plano de saúde. Além disso, é importante se informar sobre as coberturas e benefícios que o plano de saúde oferece e se está de acordo com as necessidades do paciente."

"E normal um adolescente com 15 anos ainda não ter ejaculado"

07/12/2022

Foto do profissional Henrique Donizetti Bianchi Florindo
Respondeu:
"A idade média para a primeira ejaculação é de 12 anos, mas pode variar amplamente entre indivíduos. Alguns rapazes podem experimentar a ejaculação pela primeira vez ainda na infância, enquanto outros podem não experimentá-la até a puberdade tardia. É importante lembrar que a idade da primeira ejaculação não é um indicador preciso da maturidade sexual ou saúde reprodutiva de um indivíduo. Cada indivíduo tem seu próprio ritmo de desenvolvimento e isso é normal. No entanto, se um adolescente estiver preocupado com seu desenvolvimento sexual ou não tiver ejaculado até uma idade em que isso é considerado incomum, é recomendável que ele consulte um médico para discutir suas preocupações e verificar se há algum problema de saúde subjacente."

"Evacuação meio presa com sangue"

17/11/2022

Foto do profissional Henrique Donizetti Bianchi Florindo
Respondeu:
"Se você estiver experimentando evacuação meio presa com sangue, é importante procurar um especialista para avaliar sua condição. O melhor especialista para procurar é um proctologista ou um gastroenterologista, ambos são especialistas em doenças do sistema digestivo e do reto. Essa condição pode ser causada por várias doenças e condições, incluindo: - Hemorroidas; - Fissuras anais; - Doença inflamatória intestinal (como colite ulcerativa ou doença de Crohn); - Câncer de reto; - Polipos; - Diverticulite. Para avaliar sua condição, o médico pode realizar uma série de exames, incluindo um exame físico, testes de sangue, colonoscopia, ou retossigmoidoscopia, para identificar a causa da evacuação meio presa com sangue. Ao primeiro sinal de problemas com a evacuação, é importante procurar atendimento médico, para um diagnostico e tratamento preciso e eficaz. O tratamento dependerá da causa subjacente e pode incluir medicação, terapia, ou cirurgia."

Mais 7 pacientes não atendidos em Urologista / São Paulo

"estou com uma dor aguda no testículo lado direito, dor sobe ate barriga. testiculo queima, nos exames não aparece nada"

17/11/2022

"Meu filho vai Precisa fazer cirurgia fimose Atende plano Amil"

06/01/2023

"Eu não tenho ereção sou diabético"

13/12/2022

"Como fazer para marcar uma consulta?qual o preço?"

06/01/2023

"Boa noite. , estou com uma irritação na pele ,depois que usei o sabonete phebo ."

20/09/2022

Momentos em destaque de Henrique Donizetti Bianchi Florindo